segunda-feira, 3 de novembro de 2008

O Reencontro

Era uma noite chuvosa com trovoadas e relâmpagos. Em uma esquina, encostado na parede,
encontrava-se um rapaz alto,forte e moreno.Usava calças jeans, camisa xadrez e tênis, tinha uma
mochila no chão,aos seus pés,que não paravam de bater num ritmo de sobe e desce.
O rosto quase não se vía porque ele se encontrava nas sombras,como se estivesse esperando
alguém, sempre que aparecia um carro, ele se desencostava da parede, mas quando vía que não era quem esperava,voltava a se encostar.
Cansado de esperar, ele se abaixou pegou a mochila, que já se encontrava até molhada,
sacudiu-a e colocou-a no ombro.Quando deu um passo, para ir embora, parou um carro,último tipo,bem luxuoso,ele parou e ficou olhando com ansiedade a pessoa que saía do carro.
Desceu um senhor de boa aparência, alto, forte, cabelos e olhos negros como a noite sem estrelas, e moreno, ele demonstrava força e poder. Ficou aguardando, enquanto o rapaz se aproximava.
Ficaram se olhando com os olhos cheios de lágrimas.Emocionado o rapaz esticou com timidez a mão para cumprimentá-lo, o senhor ficou olhando e também esticou a sua, mas em vez de apertar a mão oferecida, puxou o jovem para os seus braços, e os dois começaram a chorar abraçados.
O jovem omocionado disse:
_Pai, me perdôa por tudo,pela brigas,pelos conselhos que eu nunca escutei,cansei de ser um andarilho,de ficar procurando o que eu sempre tive na minha família e nunca dei o devido valor.
É perdendo que a gente descobre que o que temos de mais valioso é a família.
O pai com lágrimas escorrendo pelo rosto,respondeu:
_Filho,tem muito tempo que eu espero por estás suas palavras.Vamos para casa que agora a
minha família está completa.

4 comentários:

Cristobal disse...

Guisele: Eu gostei de seu conto.
Eu penso que a união da família é o mais importante

Leniria disse...

Olá Gisele !!!

Parabéns pelo seu conto !

Gostei muito.

Lori e Elisandra disse...

Gisele ando muito ocupada mas prometo que em breve venho ler seu conto e postar minha opinião...bjus elis

Lori e Elisandra disse...

Nossa muito bom esse conto,é de deixar com um nó na garganta, ele foi bem elaborado. E família hoje é tudo. Parabéns, você tem talento.
Bjus Elis.....Se tiver tempo da uma passada la no meu blog:
http://lorielisandra.blogspot.com/

até mais.....